Currículo Para Primeiro Emprego

Currículo para primeiro emprego

Você não possui experiência profissional? Não se preocupe! Saiba como criar um currículo para primeiro emprego

É um círculo vicioso: "Como terei experiência se ninguém me der um primeiro emprego? Como fazer um currículo para primeiro emprego? Como faço para vender meu perfil profissional pela primeira vez? ". 

É claro que, quando você acaba de terminar seus estudos, seja universidade ou não, é impossível para você ter experiência.

Acessar o mercado de trabalho pela primeira vez não é uma coisa fácil. Pelo menos para a maioria dos jovens. A maioria das vagas oferecidas requer experiência. E nem todo mundo tem. 

Para ajudar você a entender mais sobre como criar um currículo para primeiro emprego, nós preparamos o artigo de hoje sobre o assunto. Ficou interessado em saber mais? Então acompanhe comigo agora mesmo!

Como fazer um currículo para primeiro emprego?

Destaque os estágios que você concluiu

Estágios profissionais são muito valiosos para o primeiro currículo de alguém sem experiência. Mencione-os, mas verifique o contexto em que você os fez. 

De fato, um estágio pode ser tão profissional quanto um contrato de trabalho se você realmente colocar sua vontade a serviço da empresa para a qual trabalha. Dessa forma, é certo que você já aprendeu muito.

Nesse caso, qualquer experiência profissional conta, o que faz a diferença é que você a apresente da melhor maneira.

Procure experiências em sua vida pessoal

Pense em todo esse conhecimento que você acumulou durante a sua vida, escreva-o em uma folha e selecione aquele que coincide com as exigências da empresa e que você pode incluir no seu Curriculum Vitae.

Viajar é uma ótima oportunidade para aprender informalmente. Você é aconselhado a incluir esse tipo de dados. Na verdade, a maioria das empresas aprecia pessoas que viajam porque isso pode significar que você é uma pessoa de mente aberta, flexível e pronta para desafios.

Alguns treinamentos ou prêmios obtidos com esforço dizem muito sobre você: mencionar que você foi campeão regional de atletismo indica que você treinou rigorosamente para conseguir isso. 

Pode não ter nada a ver com a vaga que você está se candidatando, mas prova que você é capaz de trabalhar duro para alcançar seus objetivos e isso é muito apreciado.

Se você indicar que viajou ou aprendeu outro idioma após uma experiência pessoal, isso deve ser verdade. Inventar experiências para causar uma boa impressão pode acabar com a oportunidade recebida.

Considere o fato de que tudo o que você sabe conta, mas nem tudo é válido para o seu currículo. Dessa forma, selecione cuidadosamente o que você diz sobre suas experiências pessoais. 

Lembre-se de que haverá muitos aspirantes à posição e um longo texto autobiográfico terá menos chance de ser lido do que um mais conciso.

Destaque habilidades obtidas durante sua vida pessoal

Se você é competente em uma área, deve verificar se suas habilidades neste campo são suficientes. Às vezes, o diploma não faz o profissional. 

Aqui estão alguns exemplos. Steve Jobs, Bill Gates, Mark Zuckerberg: nenhum deles concluiu os estudos universitários, mas isso não os impediu de provar do que são capazes.

Se você mencionar informações sobre habilidades não adquiridas em instituições ou que não culminam em um diploma universitário, você deve saber que pode ser solicitado a provar isso. Dessa forma, prepare-se para poder demonstrar isso.

Em outras palavras, não deixe de mencionar em seu currículo para primeiro emprego, as habilidades que realmente o otimizam e são significativas. É claro que nem tudo é aprendido no ensino médio ou na universidade, mas você deve ter certeza de dominar o que está dizendo.

Interesses, uma seção para desenvolver

A vantagem de ter pouca experiência quando você se candidata é que você é flexível o suficiente para fazer um trabalho que não está estritamente relacionado ao que você está procurando. E os recrutadores sabem disso bem.

Então, aproveite para se perguntar sobre seus principais interesses. Faça uma lista detalhada e selecione aqueles que podem abrir portas para você nas empresas para as quais você enviará seu currículo.

Por exemplo, uma pessoa que pratica um esporte coletivo em competição certamente se integrará bem a uma equipe de trabalho e resistirá à pressão.

Compartilhe suas atividades associativas

Você pode ter trabalhado em uma associação no ensino médio ou durante o seu ensino superior. Não se esqueça de mencionar essa experiência no seu currículo para primeiro emprego

Uma associação estudantil geralmente funciona como uma miniempresa: você precisa encontrar fundos, desenvolver seu negócio e se comunicar sobre seus eventos.

As experiências associativas dos alunos podem ser tão gratificantes quanto suas primeiras experiências profissionais!

Se sua posição na associação envolveu orientar outros alunos, também a indique para comprovar suas habilidades de escuta e gerenciamento.

Dicas para fazer um bom currículo para primeiro emprego

De fato, você pode não ter muita experiência a destacar. No entanto, isso não deve ser uma desculpa para procurar preenchê-lo com informações insignificantes.

Mantém a simplicidade e garanta que o formato seja adaptado à empresa que oferece a vaga a ser preenchida.

Além disso, aqui estão outras dicas rápidas que podem lhe ajudar a criar um currículo para primeiro emprego:

A elegância e o layout das informações irão ajudá-lo

Por isso, é importante que, antes de começar a escrever o seu primeiro currículo, você consulte diferentes modelos de Curriculum Vitae e analise qual é o ideal para o seu perfil.

Se você deseja criar um currículo que realmente chame a atenção dos recrutadores, não hesite em usar a nossa plataforma, a JobTool. Temos ferramentas que auxiliam na criação de um currículo e ainda fornece dicas de como você pode melhorá-lo. 

Seleciona uma foto com um fundo neutro

Evite fotos na praia ou em casal, essas não são as que o recrutador quer ver.

Verifique se seus textos estão livres de erros ortográficos e de escrita

Não se esqueça de que a primeira impressão importa muito. Se necessário, peça para uma terceira pessoa dar uma olhada.

Acompanhe seu currículo com uma carta de apresentação

De fato, isso ajudará os recrutadores a conhecerem mais sobre você. 

Defina um objetivo claro e fale sobre o que você pode fazer

Claro que, se necessário, você pode ser flexível e aceitar uma posição diferente da que está procurando, mas sempre tenha seu objetivo em mente. Este tipo de abordagem é muito apreciado pelas empresas.

Foque nos elementos que o caracterizam como profissional e não nas suas fraquezas

O gerente de recursos humanos que recebe seu currículo pode ver outras coisas em você, como sua motivação, a prioridade que você dá aos resultados ou sua capacidade de se adaptar à mudança.

Somos seres emocionais

Sua predisposição emocional e o que você pensa sobre si mesmo podem influenciar a maneira como você "se vende" e faz seu currículo.

Conclusão

Todas as pessoas com emprego estável tiveram a mesma experiência que você. Também tiveram que preparar um currículo sem ter tido empregos anteriores para apoiar sua atividade. Mas temos que começar em algum lugar e esse é o seu caso agora. 

Portanto, não perca mais tempo e comece a desenvolver seu currículo agora, mesmo sem experiência profissional.

Gostou de saber mais sobre como criar um currículo para primeiro emprego? Então não deixe de acompanhar os demais artigos do blog, tenho muitas outras novidades para você!