Gerador de Currículo: 11 Dicas Que Podem te Ajudar!

Gerador de currículo: 11 dicas que podem te ajudar!

Conheça o nosso gerador de currículo, bem como algumas dicas que podem ser úteis na hora de escrever seu currículo

Você está procurando um estágio, um emprego de meio período ou um contrato permanente e não sabe por onde começar a escrever um bom currículo que fará a diferença? Um gerador de currículo certamente poderá lhe ajudar.

Contudo, há algumas dicas que também são úteis.

Para ajudar você a entender mais sobre o nosso gerador de currículo, nós preparamos o artigo de hoje sobre o assunto. Ficou interessado em saber mais? Então acompanhe conosco agora mesmo!

11 dicas que podem lhe ajudar a escrever um bom currículo 

Quando se trata de se candidatar a um novo emprego, seu currículo é apenas o ingresso para colocar o pé inicial na porta e garantir uma entrevista - mas como você garante que seu currículo seja adicionado à pilha de entrevistas em vez de ser jogado diretamente no lixo?

Criar um currículo de sucesso é fácil quando você sabe como fazê-lo. Trata-se de pegar todas as suas habilidades e experiência e adaptá-las ao trabalho para o qual você está se candidatando. 

Mas e se você não atender aos critérios corretos? Bom, separ as dicas a seguir para te ajudar a começar a criar um currículo de sucesso e garantir o seu primeiro (ou próximo) emprego na área que tanto deseja.

Sempre siga o básico corretamente

Não há uma maneira certa ou errada de escrever um currículo, mas existem algumas seções comuns que você deve abordar. 

Estas incluem: informações pessoais e de contato; educação e qualificações; histórico e/ou experiência profissional; habilidades relevantes para o trabalho em questão; interesses próprios, realizações ou hobbies; e algumas referências.

A apresentação é a chave

Um currículo bem-sucedido é sempre apresentado com cuidado e clareza, e impresso em papel branco limpo e nítido. O design deve estar sempre bem estruturado e os currículos nunca devem ser amassados ou dobrados, então use um envelope A4 para enviar suas inscrições.

Limite-se a não mais do que duas páginas 

Um bom currículo é claro, conciso e fala sobre todos os pontos necessários sem hesitação. Você não precisa de várias páginas de papel para isso - apenas mantenha as coisas curtas. 

Além disso, os empregadores recebem dezenas de currículos o tempo todo, por isso é improvável que eles leiam cada um deles do início ao fim. A maioria fará um julgamento sobre um currículo dentro de algumas seções, por isso deve ser limitado a um máximo de duas páginas de papel A4.

Entenda a descrição do trabalho

As pistas estão na candidatura a emprego, então leia os detalhes do início ao fim. Faça anotações e crie marcadores, destacando tudo o que você pode satisfazer e todas as partes que não pode. 

Com as áreas que faltam, preencha os espaços em branco adaptando as habilidades que você tem. Por exemplo, se o trabalho em questão requer alguém com experiência em vendas, não há nada que o impeça de usar qualquer trabalho de varejo que tenha feito, mesmo que tenha sido algo para ajudar a pagar as contas até a faculdade. 

Isso demonstrará as habilidades que você tem e como elas são transferíveis.

Adapte o CV à função

Quando você tiver estabelecido o que o cargo implica e como você pode atender a cada um dos requisitos, crie um currículo específico para esse cargo. Lembre-se, não existe um currículo genérico. 

Cada currículo que você envia para um possível recrutador deve ser feito sob medida para essa posição, portanto, não seja preguiçoso e espere que um currículo geral funcione porque não funcionará.

Crie um currículo exclusivo para cada vaga para a qual você se candidata. Você não precisa reescrever tudo, basta adaptar os detalhes para torná-los relevantes.

Aproveite ao máximo as habilidades

Na seção de habilidades do seu currículo, não se esqueça de mencionar as principais habilidades que podem ajudá-lo a se destacar da multidão. 

Estes podem incluir: habilidades de comunicação; habilidades de informática; trabalho em equipe; resolução de problemas ou até mesmo falar uma língua estrangeira. 

As habilidades podem vir dos lugares mais improváveis, então pense realmente no que você fez para desenvolver suas próprias habilidades, mesmo que você tome exemplos como estar em um time esportivo local ou se juntar a um grupo de voluntários - tudo é relevante.

Mantenha seu currículo atualizado

É crucial revisar seu currículo regularmente e adicionar quaisquer novas habilidades ou experiências que estejam faltando. 

Por exemplo, se você acabou de fazer algum voluntariado ou trabalhar em um novo projeto, certifique-se de que eles estejam lá - os potenciais empregadores estão sempre impressionados com candidatos que vão além para melhorar suas próprias habilidades e experiência.

Concentre-se em detalhar suas habilidades mais do que as posições ocupadas

Depois de ler os requisitos da posição para a qual você enviou a inscrição, pense nas habilidades que você já tem e que podem ser úteis no trabalho. Podem ser habilidades que você desenvolveu no momento de seus estudos ou em um emprego de meio período.

Trabalhar com colegas em projetos educacionais geralmente envolve trabalho em equipe, liderança e gerenciamento de tempo, e qualquer trabalho envolve organização (pontualidade), responsabilidade e habilidades de comunicação. 

Pense nas habilidades que você tem e naquelas que você acha que serão necessárias no trabalho para o qual você submeteu a candidatura. Inclua apenas as habilidades relevantes para adaptar seu currículo à posição solicitada.

Inclua as palavras-chave relevantes

A pessoa que revisar seu currículo procurará certas palavras-chave que não só tenham a ver com qualificações e competências, mas serão definidas em termos como "motivação", "melhoria" e "conhecimento". 

Por exemplo, se você consegue pensar em um exemplo que mostra que você alcançou um objetivo ou motivou alguém, inclua-o em seu currículo. 

Essas palavras destacarão e mostrarão ao empregador que você é uma pessoa proativa e que está procurando soluções. Quando sua experiência é limitada, também é útil deixar muito claro que você está ansioso para aprender.

Traga caráter 

Os currículos geralmente estão cheios de dados, mas também é importante mostrar ao leitor quem você é como pessoa. Use um formato criativo e explique alguns traços da sua personalidade, além de suas habilidades. 

Se você não tem a experiência que o empregador está procurando, você pode compensá-la com sua personalidade. 

Os recrutadores não só olham para as qualificações, mas também pesam como o candidato se encaixaria no ambiente de trabalho, então mostrar a eles quem você é pode ser muito útil.

Peça a alguém para lê-lo

É sempre aconselhável que outra pessoa revise seu trabalho, e isso se torna especialmente importante quando se trata de um currículo. Mesmo o menor erro de digitação pode influenciar a decisão do empregador sobre sua inscrição. 

Além de verificar se há erros, um membro da família, um amigo ou um ex-colega de trabalho podem sugerir habilidades ou experiências que você teria esquecido de mencionar. 

Qualquer conselho ou perspectiva diferente será valida, e adicionar uma experiência esquecida expandirá as oportunidades de conseguir o emprego.

Use um gerador de currículo

Para facilitar sua vida, convidamos você a conhecer nossa plataforma, a JobTool, onde você poderá criar seus currículos de forma automática.

Basta preencher as informações solicitadas e nosso software fará o seu trabalho. Clique aqui e conheça agora mesmo!

Gostou de saber mais sobre o nosso gerador de currículo? Então não deixe de acompanhar os demais artigos do blog, temos muitas outras novidades para você!