Modelo de Currículo Vitae: 10 Regras Obrigatórias Que Você Deve Seguir

Modelo de currículo vitae: 10 regras obrigatórias que você deve seguir

Através dos nossos modelos de currículo, você poderá criar o seu de forma simples e fácil! Veja esse artigo para saber mais!

Ter um modelo de currículo vitae pronto pode facilitar e muito a sua vida, não é mesmo? Afinal, quem não deseja apenas preencher as informações e ter um currículo com excelente design que irá encantar o recrutador? 

Felizmente, a nossa plataforma Jobtool contém diversos tipos de modelo de currículo vitae para tornar esse processo simples e fácil. O melhor de tudo? Você pode começar de forma gratuita! 

De fato, um currículo bem escrito, sem erros ortográficos e com um bom design, ajudará muito você a passar neste primeiro passo na seleção de currículos. Nossos modelos de currículo vitae foram criados de uma forma que atrai a atenção do recrutador.

Por isso, não deixe de clicar aqui e aproveitar hoje mesmo todos os recursos da plataforma!

Além disso, como um bônus nesse artigo, nós preparamos algumas regras obrigatórias que todo modelo de currículo vitae deve seguir!

Quer saber mais? Então não deixe de acompanhar conosco agora mesmo!

Modelo de currículo vitae: 10 regras obrigatórias que você deve seguir

O currículo não saiu fora de “moda” como muitos dizem, o que acontece é que cada vez ele está mais focado para um cargo, ou seja, não existe mais um currículo geral contando sobre você e suas atividades profissionais.

O que é requisitado são currículos personalizados para cada cargo e para cada empresa. Dessa forma, o recrutador pode avaliar se o candidato possui as competências necessárias.

Além disso, saber as regras principais dentro de um currículo é o essencial para que ele seja bem formulado e encante o recrutador. Por isso em nosso artigo de hoje você vai conferir 10 regras obrigatórias no currículo que todas as pessoas devem seguir.

1 – Identificação 

A primeira regra obrigatória para o seu currículo é colocar quem você é! Isso consiste em seu nome completo, endereço, se é casado ou não e os seus contatos de e-mail e também de telefone para que a empresa possa entrar em contato se houver interesse.

Colocar uma foto já digitalizada no estilo 3x4 também é bem interessante para a identificação.

2 – Escolaridade 

Outra coisa indispensável dentro de qualquer currículo é a sua escolaridade. Ela deve começar desde o ensino médio até o último curso (que conferiu grau) que você fez! Os especialistas ressaltam que colocar a instituição onde tudo isso foi feito também é muito importante.

Não se esqueça desse detalhe, somente cursos que conferem grau, como técnico, bacharel, mestre, entre outros! Um curso de especialização de 3 semanas não entra aqui.

3 – Extras

Nos extras sim vamos ter os cursos de curta duração. Podemos também ter o nível de inglês (a escola que foi realizado, por quanto tempo), outros idiomas também devem ser colocados, se houver, bem como todo o conhecimento de informática.

Se você participou de algum intercâmbio também é aqui que você deve o mencionar.

4 – Experiência profissional em ordem cronológica

Outra regra de qualquer currículo é em questão da experiência profissional. Ela geralmente deve estar em ordem anticronológica, tirando algumas situações. 

Ou seja, da última empresa que você trabalhou até a primeira, o ideal é colocar data de cada uma delas para o recrutador ter noção quanto tempo você ficou em cada.

5 – Português correto

Aqui temos uma regra básica, mas que acaba colocando bastante gente em maus lençóis, viu? Isso porque muitas pessoas cometem erros de português, por vezes até bobos! Mas é preciso tomar um cuidado extremo nessas horas! 

Ative o corretor e sempre peça para alguém revisar antes de você enviar para a empresa.

6 – Atualização constante 

Nunca se esqueça de atualizar o seu currículo. Muitas vezes fizemos o currículo há 5, 6 meses atrás, mas nesse tempo melhoramos nosso nível de inglês ou mesmo fizemos algum curso! 

O profissional ideal é aquele que está sempre dando um jeito de aprimorar suas habilidades para acrescentar coisas novas ao currículo, por isso tente sempre atualizar.

7 – Resultados 

Os especialistas em recrutamento referem que algo bem importante é colocar os seus resultados enquanto funcionário de uma empresa. Por exemplo, comentar sobre algum projeto grande que você foi envolvido ou mesmo sobre uma meta que você alcançou.

Basicamente nessa parte o recrutador quer entender os seus valores enquanto funcionário, ou seja, o que você contribuiu para aquela empresa de forma positiva, entende?

8 – Clareza

Ser claro é essencial! Muitas pessoas cometem o terrível erro de tentar incrementar sua escrita, usar palavras mais bonitas ou difíceis e tudo isso pode ficar totalmente fora de contexto! 

No final, seu currículo não vai ficar claro, o recrutador não vai entender sobre seus cursos ou sobre o seu último cargo. Por isso procure sempre ser o mais claro possível.

9 – Objetividade 

Ser objetivo também é outro ponto muito importante dentro de um currículo! Os currículos enormes não fazem mais parte da realidade e são logo descartados!

O desafio é justamente conseguir ser objetivo mostrando toda sua experiência de trabalho e todas as suas habilidades para o cargo desejado! 

10 – Organização 

Por fim, os recrutadores admiram um currículo organizado. Aliás, a organização é obrigatória para que a outra pessoa consiga identificar onde está cada coisa no seu currículo.

Por isso, tente sempre utilizar uma lógica de escrita, e até mesmo de “assuntos’” dentro do seu currículo!

Conclusão

Achou essas regras difíceis demais? Então você precisa conhecer nossa plataforma Jobtool que conta com diversos modelo de currículo vitae para você preencher de forma simples e fácil.

Além disso, contamos com a inteligência artificial para ajudar você a melhorar os aspectos do seu currículo e treinar para entrevista de emprego. 

Gostou de saber mais sobre como conseguir um modelo de currículo vitae? Então não deixe de acompanhar os demais artigos do blog, temos muitas outras novidades para você!