O Que Fazer (E Não Fazer) Na Sua Próxima Entrevista de Emprego

O que fazer (e não fazer) na sua próxima entrevista de emprego

Dicas valiosas que irão te ajudar a se destacar na sua próxima entrevista de emprego, seja ela presencial ou remota.

Não existe nenhuma etapa fácil no processo de encontrar um novo emprego. Você navega por muitos sites para aplicar para diferentes vagas, revisa cada linha do seu currículo e torce para que tenha passado do primeiro filtro e chamado a atenção dos recrutadores. Todo esse processo é desgastante, mas talvez a tão aguardada entrevista seja a parte mais difícil. Todo mundo quer causar uma boa primeira impressão e parecer profissional, competente, simpática, qualificada - tudo ao mesmo tempo. Essa pressão é suficiente para deixar até os melhores profissionais nervosos.

Para te ajudar nesse árduo processo, colocar aqui, de uma forma simples e direta, as 5 coisas mais importantes que você deve fazer em uma entrevistas, e três coisas que você deve evitar a todo custo. 

Faça sua lição de casa

Todos sabem que é sempre válido entrar no site da empresa que irá fazer a entrevista. Mas, apenas rolar a página e ler superficialmente não é suficiente, principalmente porque os outros candidatos farão a mesma coisa. Se você quer se destacar no processo de entrevistas, você deve fazer uma pesquisa muito mais profunda sobre a empresa.

E como seria essa pesquisa? Aqui estão algumas opções para serem consideradas. Siga a empresa (e os principais executivos) no LinkedIn e Twitter para acompanhar os principais assuntos que estão sendo compartilhados no momento. Caso você o nome do profissional que irá te entrevistar, pesquise-o no LinkedIn para conhecer seu perfil e encontrar possíveis conexões em comum (pode ser um conhecido ou uma mesma escola que estudaram, por exemplo). Isso irá ajudar em conversas informais e "quebra gelo". Uma pesquisa sobre a empresa nas principais mídias de notícias também pode ajudá-lo a pensar em possíveis perguntas a serem feitas na entrevista. Lembre-se de anotar tudo que encontrar de relevante.

Seja consciente sobre a sua aparência

Existe uma tendência globalmente dos ambientes de trabalho estarem ficando mais relaxados em relação à formalidade de roupas e aparência. Mas isso não significa que você deve usar isso como "permissão" para se vestir de qualquer jeito, mesmo se o processo seletivo for feito de maneira remota. Obviamente que você deve considerar a cultura organizacional daquela empresa para definir o nível de formalidade apropriado para a entrevista. 

Embora acessórios e penteados pareçam apenas detalhes, preste bem atenção nas suas escolhas. Seu objetivo é de vender uma imagem de uma profissional qualificada. O entrevistador (possivelmente seu chefe) deve sentir confiança em te colocar na frente dos executivos da empresa ou de clientes. Por isso, tente minimizar distrações na sua aparência. Uma aparência limpa terá maior chance de te ajudar mais.

Antecipe das perguntas mais difíceis

A entrevista é uma oportunidade para você mostrar suas qualidades e que é a melhor escolha para a vaga. No entanto, não espere que o recrutador irá fazer perguntas apenas sobre seu passado, suas experiências profissionais e suas conquistas. Venha preparada para responder as perguntas mais difíceis, como aquelas sobre arrependimentos, erros e fraquezas. A JobTool possui uma ferramenta exclusiva para te ajudar nessa preparação. Cadastre-se gratuitamente e conheça.

Uma das melhores maneiras de fazer isso é investir um tempo refletindo sobre sua carreira, seus erros e acertos, tendo uma mente totalmente aberta e voltada para um auto julgamento (positivo e negativo), sempre construtivo. 

Prepare para as perguntas mais difíceis, mas uma vez que você esteja na entrevista, fique presente e atenta na conversa e evite desviar a atenção. Confie que todo o trabalho de preparação que você fez irá te ajudar a responder qualquer pergunta e passar uma boa impressão. 

Venda bem sua candidatura

Uma entrevista não é um momento para minimizar suas qualidades. E também não é o momento para passar uma imagem de arrogante e prepotente, como sendo o melhor do mundo. Por isso, é sempre difícil encontrar esse equilíbrio. Para não deixar que a modéstia atrapalhe nas suas chances de conseguir a vaga, você precisa ter clareza do que te faz ser a melhor pessoa para essa vaga.

Mas como conseguir isso se você for naturalmente "humilde"? Faça uma lista das suas qualificações e como se alinham com os requisitos da vaga. Pense em exemplos que demonstram sua habilidade de lidar com desafios similares. Leve créditos sobre suas conquistas, resultados, melhorias de processo e prêmios - sem qualificar cada uma delas como "nada de mais". Vender sua candidatura é uma parte natural do processo de entrevista e quanto mais rápido você se acostumar com isso, melhor.

Leve perguntas inteligentes

Uma das melhores maneiras de demonstrar interesse verdadeiro na vaga é fazendo perguntas inteligentes para o recrutador. Afinal, é impossível que todas as responsabilidades da vaga tenham sido explicadas por completo apenas na descrição do site. Por isso, seja e mostra-se curiosa. Use a entrevista para conhecer mais sobre a empresa e o time com o qual você irá trabalhar.

Existem perguntas "evitáveis"? Com certeza. Deixe de lado qualquer pergunta que pode ser respondida com uma rápida pesquisa na internet. Mantenha sua curiosidade estritamente profissional: uma entrevista não é momento para perguntar para o recrutador sobre as férias com a família. Por último, mas não menos importante, não pergunte sobre salário durante a primeira entrevista - poderá mostrar que seu interesse está no dinheiro em primeiro lugar.

O QUE NÃO FAZER NA SUA PRÓXIMA ENTREVISTA

Agora que já falamos das principais dicas para que você consiga se destacar na sua próxima entrevista, vamos falar sobre o que evitar ao máximo:

Não minta

Seja falando sobre suas notas em um programa de educação ou aumentando sobre os fatos de suas responsabilidades no seu último trabalho, mentir é sempre arriscado e a verdade acaba aparecendo cedo ou tarde. Se mesmo com as mentiras você conseguir ser contratado, elas vão acabar aparecendo no dia a dia do seu novo emprego, seja pela falta de experiência ou habilidades. É simplesmente um risco que não vale a pena correr. 

O que você deve fazer então? Falar a verdade. Seja honesto sobre sua experiência, qualificações e certificações. Se você sabe que não tem algum pré-requisito para a vaga, apresente um plano claro para consegui-lo. Por exemplo, você pode aplicar para uma vaga que tem como pré-requisito TOEFL (certificado de proficiência em inglês). Se você está no processo de estudo para a prova, você poderá compartilhar isso com o recrutador, mostrando uma previsão de quando será a prova e de quando terá o certificado. Mentir sobre ter o TOEFL, por exemplo, é inaceitável. E com a internet hoje em dia, é possível descobrir quase tudo sobre uma pessoa.

Não reclame

"Porque você quer sair do seu atual emprego?" Acredite ou não, alguns candidatos vêem nessa pergunta uma grande oportunidade para contar o "seu lado da história". De colegas preguiçosos a chefes carrascos, péssimo ambiente de trabalho, baixo salário ou falta de projetos legais, eles carregam uma lista de reclamações do atual trabalho. 

Não caia nessa. Já que você está claramente buscando um novo emprego, fica óbvio que está buscando uma nova oportunidade, melhor do que a atual. Não há motivo para ressaltar isso reclamando de outras pessoas. Pense numa maneira de mostrar que você está pronto para assumir novas responsabilidades ou que quer seguir um novo caminho de desenvolvimento profissional. 

Não deixe o nervosismo tomar conta de você

É completamente normal e comum ficar nervosa durante uma entrevista. Sabemos que estamos sendo avaliados por cada palavra que falamos, pela nossa linguagem corporal e postura. E muitas vezes o nervosismo prévio pode ser benéfico, pois nos faz querer preparar e dar o nosso melhor no dia da entrevista. Mas, se esse nervosismo está além da conta, te impedindo de mostrar todas as suas qualidades e pontos fortes, você precisa mudar as coisas.

Comece refletindo porque fica tão ansiosa e nervosa. Ficar nervosa não é um indicador do nível de interesse pela vaga. Se você acha que não é qualificada para a vaga, reveja toda a lista de requisitos que a empresa exige para a vaga e faça uma análise da sua experiência profissional e habilidades. Você precisa de confiança. Confiança em saber que é uma excelente profissional e a melhor candidata para a vaga. Além disso, tente fazer meditação (nos dias anteriores e no dia da entrevista), exercícios físicos, exercícios respiratórios, exercícios de visualização ou qualquer outro mecanismo que encontrar para acalmar a mente e focar no seu objetivo. 

Dicas de sucesso para a sua próxima entrevista

A melhor maneira de impressionar o entrevistador começa com a preparação. Faça a lição de casa e pesquise mais sobre a empresa antes da entrevista e seja consciente sobre sua aparência. Antecipe as perguntas mais difíceis e demonstre interesse na vaga fazendo perguntas inteligentes. Jamais minta no seu currículo e na entrevista, cuidado ao responder perguntas sobre o seu trabalho atual e dê o seu melhor para controlar o nervosismo.